25 de jan de 2010

Especial Pixar: parte um

 Uma das coisas que mais me entristece na atualidade é a facilidade de corromper um artista. Na minha concepção um artista é alguém capaz de descobrir a beleza das coisas, sem nunca trair o que ele acredita ser arte, por nada. Ser capaz de sacrificar  as coisas que ele mais tem em conta. Na verdade não se limita a isso, Tem muito mais fatores envolvidos, mas eu acho que esse é o espírito da coisa.
 Nunca trair sua arte.
 Sendo assim a banda de metaleiros drogados é tão artístca quanto um picasso ou um Beethoven.
 No entanto, criar uma obra de arte e depois passar a ser movido apenas por dinheiro não faz a pessoa parar de ser artista, contanto que deixe sua obra imaculada.
 Porem, se uma pessoa se deixar cegar por dinheiro, vai perder boa parte do meu respeito.
 Veja o caso de George lucas, por exemplo. Ele fez uma das maiores obras primas do cinema, ele é um artista. Mas ele traiu sua arte criando uma da maiores decepções do cinema, ele perdeu o meu respeito.
  Mas caso você considere que alguém que trai a própria arte não é mais um artista a Pixar sem dúvida é uma artista pra você.
  E sem dúvida ela é uma artista pra mim.
 Eu venho nutrindo uma paixão pela  pixar desde a minha infância, acredito eu desde monstros sa, que durante cerca de três anos foi o meu filme favorito, e até hoje eu considero um dos melhores filmes que eu já vi.
 Portanto a partir do post de hoje(o qual eu vou trabalhar ao longo de uma semana)eu vou fazer três artigos homenageando a melhor companhia de filmes da atualidade.
Wall-e, um dos maiores primórdios da pixar.
  Esse não será um artigo como os outros, como eu vou trabalhar nele ao longo de uma semana, sendo assim, ele vai parecer mais como uma colcha de retalhos. Cada dia eu vou falar de um assunto, simplesmente eu vou falando sobre a pixar. Na semana que vem eu pretendo contar a história da pixar, e na seguinte eu vou fazer um top 10  com os meus filmes favoritos dela. Uma pessoa prudente esperaria até o lançamento de toy story 3, mas eu estou desde o ano passado esperando para falar sobre ela, então eu não serei prudente.
 Fiquem tranquilos, eu vou fazer um review se toy story 3 quando sair.
 Alias, esse é uma das coisas que eu mais gosto na pixar, toy story foi lançado em 1995 e só agora terá uma terceira continuação, Shrek foi lançado em 2001 e já vai pra quarta. Isso mostra um respeito enorme pelo seu material intelectual(vou chamar de "obras"daqui pra frente), e isso eu respeito muito.
Monstros s.a, um dos meus primeiros filmes favoritos.
 Uma coisa que sempre me deixou puto são as críticas a Pixar. Totalmente infundadas, por sinal.
 É o meu segundo dia de digitação e eu resolvi tira-lo para rebater as críticas à ela.
 Sendo assim eu vou começar pela mais absurda e idiota de todas: a Pixar só faz filmes de criança.
 É...acreditem se quiser, eles criticam isso.
 Primeiro, as crianças são um público também. Segundo, só porque elas não são muito exigentes quanto ao que elas vão assistir não quer dizer que um filme melhor não dará mais lucro. Pense nisso, quando você era criança você assistia qualquer merda no cinema, mas você só pedia para os seu pais comprarem os dvd's(ou vhs's) dos filmes quando você realmente os amava.
 E por fim o meu argumento principal é: os filmes da pixar não são filmes de criança.
 Claro, o público alvo é o infantil, mas diferentemente da maioria dos filmes infantis a pixar tem uma parcela significativa de adultos. Tanto que quando eu fui ver Monstros s.a não foi minha iniciativa, meus pais me levaram. E recentemente quando eu fui ver Up-altas aventuras eu fui ver com eles. E considerando que Up emociona tanto quanto a lista de Schindler eu acho eu posso considerar a Pixar uma companhia de filmes para todos os públicos.
 Alias, eu acho ao menos metade dos filmes da Pixar melhores que a Lista de Schindler.
 E que Cidadão kane.
 Qual é, era bom para a época, e só.
 Na verdade, eu acho cidadão kane pior que alguns filmes que foram feitos antes dele, como Tempos Modernos ou A General.
 Ambos são mudos, só pra constar.
 Mas estou me desviando do assunto, vamos voltar à pixar.

Up-altas aventuras, um dos filmes mais tocantes da Pixar.
 Outra crítica é que a Pixar não evolui(com a exceção dos aspectos técnicos)em seus filmes. 
 Ok, a primeira era idiota, mas essa é totalmente infundada.
 Eu até concordo que quando o assunto é a narrativa a Pixar quase não subiu de qualidade(como se isso fosse possível), mas mesmo assim mudou muito.
 Agora os temas estão mais profundos, os personagens menos clichê e os diálogos e situações mais inusitados. Isso pra mim é evolução.
 Isso sem falar em outros aspectos como a fotografia e a dublagem, mas isso não vem ao caso.
 O caso é que a cada novo filme(tirando as sequências) a Pixar usa uma vertente totalmente nova. As sequências são exceção apenas pois elas tem que ser parecidas com o produto original.
 Por exemplo, se metal gear solid: Rising fosse um beat'em up como god of war você compraria?
 Talvez sim, mas uma parcela bem menor de fãs compraria.
 Eu, por exemplo, não compraria.
 Cópias de god of war existem aos montes, mas metal gear só tem um.
 Ok, tem doze e duas em andamento,mas você me entendeu.
 Só pra constar, eu sei que tem milhões de outros metal gear's em consoles alternativos e portáteis, mas eu não conheço todos, e nem faço a mínima questão de conhecer.
 E eu fugi da porra do assunto outra vez....

Procurando Nemo: por trás de um argumento bobinho está uma estória muito profunda.
  Outra coisa que eu amo na Pixar é o principal fator responsável pelo sucesso da Disney, o enorme respeito pela inteligência do público alvo. Nesse caso as crianças.
 Nos sabemos que crianças são péssimas em video games, mas isso não quer dizer que elas são burras. A pixar entende isso, a Disney entendia antigamente.
 E nada melhor do que Procurando Nemo para ilustrar o que eu estou dizendo.
 À primeira vista Procurando Nemo é um filme sobre peixes, mas olhe um pouco mais a fundo e você vai perceber que vai muito além disso. É uma estória que trata de temas profundos como rebeldia e ódio, algo que poucos filmes "de criança" ousam explorar.
 Mas nada disso teria valor se a pixar desse a entonação correta. E cara, eles realmente acertam.
 Quando é para rir, você ri como se fosse um filme do Monty Python; Quando é pra chorar,você chora como se fosse um filme do Tearjerker; E quando é pra você calar a boca e prestar atenção, você presta como se fosse a última página de um livro da Agata Christie. Em suma, os filmes da Pixar brincam com os seus sentimentos.
 Principalmente no primeiro colocado da parte três do meu especial.
Toy  story 2, uma das poucas sequências melhores que o original.
 Finalizando, apesar da Pixar não ser a unica companhia de cinema que é extremamente fiel as suas  obras (a  Aardman também está no esquema) ela é a maior. Para mim a pixar é parte da minha infância, ajudou a contribuir para quem eu sou, e eu sempre lembrarei dela com carinho.
 Além do mais, a Pixar é o local de trabalho dos meus sonhos, é o lugar onde eu quero estar , com as pessoas que eu quero conhecer e o trabalho que eu quero fazer quando eu ficar um macaco um pouco mais velho. Mas por mim, um mero fã já está de bom tamanho.
 Eu sei que é provável que ela acabe se tornando um mera sombra do que um dia ela foi, mas até lá, eu vou aproveitar cada segundo.
 Eu volto na semana que vem com um artigo sobre a história da Pixar.
 Até lá.

6 comentários:

Avalanche(Lance) disse...

"Finalizando, apesar da Pixar não ser a unica companhia de cinema que é extremamente fiel as suas obras"

A Troma é a mais fiel...os filmes de atuais ainda parecem que são feitos nos anos 70-80.

Mas na boa...concordo com vc, só espanderia todo o diálogo para a Disney também(aliás to escrevendo sobre isso e um dia publico.)

E na boa...nem de longe Sherk é um dedo de qualidade de Monstros S.A.

Max disse...

ehh lance pode até ter mais qualidade, mas sherek eh mais divertido que monstros s.a.. questão de opinião, não me cruxifiquem :/

ei dinossauros não eh da pixar não..

Avalanche(Lance) disse...

Bom da como tu disse é gosto[:P]
Eu achei monstros S.A. mais divertido, e ele é de qualidade superior.

Dinossauros é um film da Disney sem a Pixar.

Sasoriman disse...

...Sem citar os curtas da Pixar?

Tipo, fazer uma história boa em 5 minutos é mais difícil do que se imagina.

Quanto ao negócio do Cidadão Kane, nunca vi(Não me matem) então não vou falar nada, mas se for no nível de Metropolis(Filme de 1927), deve ser bom pra caralho.

Alexandre A. disse...

A pixar é foda pra kct mesmo...

Lembro de uma vez que ela declarou que não tem o costume de fazer sequências pros seus filmes, por que, segundo ela sequências só deveriam ser produzidas se tivessem uma história tão boa ou melhor que a original.

Isso já descreve o quanto ela dá valor as próprias obras que faz.

Mas particularmente eu sempre preferi o primeiro filme de Shrek do que monstros S.A. xD

Claro, antes de fuderem de vez com o terceiro filme.

evil monkey disse...

eu gosto pacas(???)de sherek, mas eu prefiro monstros s.a.

mas na boa, sherek terceiro foi mais uma piada de mal gosto para os fãs(eu incluso)tanto que eu estou pensando seriamente em não ver o quarto.

e sabiam que a pixar etsá pensando em fazer monstros s.a.2!?

Yep!

eu, particularmente, estou levando muita fé nesse filme, considerando o tempo que eles tiveram para criar um argumento bom o suficiente para fazer uma sequência digna do original.

mas eu estou quase certo de que enquanto a pixar tiver os seus componentes "clássicos" os filmes vão manter a qualidade.

é, a pixar tem no mínimo uns bons 10 anos de vida(nas estimativas mais pessimistas).

Visualize seu IP

Sign by Danasoft - For Backgrounds and Layouts