22 de jul de 2010

Scott Pilgrim's finest hour


 Hi my dear readers, welcome back to the Evil monkey Blog!
 Hoje eu vou falar sobre uma coisa que eu estava muito ansioso, o final da saga sobre heroísmo, amizade, amor e cultura Nerd: Scott Pilgrim's Finest Hour!
 #Bam-bam Baaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaam#
 Bem, caso você não esteja familiarizado com essa minisérie fantástica em 6 capítulos eu fiz um artigo maravilhoso dedicado a ela. Bem, na verdade, só sobre os 5 primeiros capítulos.
 Hoje eu falo do sexto.
 Ah sim, eu resolvi não dar uma nota, eu falarei dos (muitos) pontos positivos e dos (poucos) pontos negativos, e você pode tirar as suas próprias conclusões.
 E que fique registrado que na minha opinião esse é o pior capítulo de Scott Pilgrim, o que não significa que é ruim. É como a trilogia de O senhor dos anéis, o primeiro é o pior, mas mesmo assim é ótimo.
 Mas chega de delongas, artikel zur.
 Significa 'vamos ao artigo' em alemão.
 Valeu google translator!

 Scott Pilogrim's Finest Hour começa no mesmo ritmo do anterior: A Ramona está desaparecida, Scott está deprimido e desmotivado, seus amigos estão meio afastados e o pior, o último ex-namorado-do-mal, Gideon, está na cidade.
 Você pode até estar pensando  que o que ele mais quer é enfrenta-lo -considerando a premissa da hq, derrotar os sete ex namorados do mal da Ramona- , mas ele não quer, ele perdeu, ele esta exausto, ele desistiu. Ramona o deixou, por que então ele iria querer lutar com Gideon?
 Eeeeeeeeeeeeee.... corta, eu não vou falar mais nada sobre essa história, a partir daí vem muitas e muitas revelações importantes, e todas muito relevantes para a história.
 Quer saber por que a  cabeça da Ramona brilha? Explica!
 Como era o relacionamento entre ela e Gideon? Explica!
 Porra, até coisas que não precisariam ser explicadas foram.
 Todos os personagens tiveram as suas vidas resolvidas, todas as pontas soltas foram amarradas, acontecimento aparentemente sem importância mostraram o seu valor e até o relacionamento entre Scott e Ramona ficou mais plausível.
 Esse final ajuda a mostrar o quão nada era gratuito em Scott Pilgrim.
 Dito isso eu tenho que confessar que eu achei alguns aspectos do final um pouco decepcionantes.
 Não houveram momentos de PUTAMENDA EU TÔ SONHADO!!!!!!!!!!
 Houveram SIM grandes momentos, mas nenhum como por exemplo o final de Avatar: a lenda de Aang, ou o a última revelação no último minuto de Code Geass
 Além disso algumas partes ficaram meio confusas, você entende no grosso, mas alguns detalhes podem passar despercebidos. E como a maior graça de Scott Pilgrim está nos detalhes, faz falta.
 Eu admito que eu me afobei um pouco na hora de ler -o que é algo compreensível, considerando que esse é o final da série-  mas eu acho que algumas coisas poderiam ficar mais bem-explicadas.
 Não é nada que uma segunda lida não resolva.
 Mais um problema é que alguns aspectos do final foram um pouco sem inspiração e até certo ponto meio anti-climáticos.
 Essas até podem soar como criticas pesadas, mas na verdade não são, esses momentos não prejudicam tanto a história.
 Os momentos melhores brilham tão forte que não podem ser ofuscados por erros tão pequenos.
 Bem, então o final de Scott Pilgrim é ruim?
 Definitivamente não!
 O final é perfeito?
 Não chega a isso.
 Mas eu posso considerar um final sem dúvida ótimo, um final digno da série, mesmo não sendo o final que eu tinha em mente. 
 E lamento pelo artigo ter saído tão curto, mas com apenas um número para se fazer um review é inevitável ficar meio magro.
 Então até a semana que vem, quando eu irei falar de animes!
 Lebewohl! (é adeus em alemão)

6 comentários:

Robozinho disse...

Não conheço a HQ de Scott Pilgrim's mais estou esperando o filme.
E por falar de Avatar foi confirmado a produção de outra série que se passa quase 100 anos depois com o próximo avatar uma garota da tribo da agua que só falta aprender a dominar ar e ela treina com o filho do Aang.

Sasoriman disse...

Vou procurar alguma coletânea ou edição especial para comprar, pois me interessei bastante na HQ.
E também vou ver o filme. Enfim...

Falando em HQ's, Evil Monkey, você tem alguma preferida?
A minha preferida é Watchmen(Depois vem Maus, aí Sin City e por aí vai...)

E já que tocaram no assunto Avatar... M. Night Shayamalan(É isso mesmo?) vai fazer uma trilogia de filmes, mas não vai dirigi-los. Enfim, ia falar amis de filmes e tudo mais, mas percebo que estou enrolando...

Ds Lite disse...

Eu gostei muito de Scott Pilgrim e o final não podia se melhor resta agora esperar sair os volumes 3,4,5,6 no Brasil,estou um pouco de medo de ver o filme já que o final será diferente da HQ.(enquanto isso nada a comentar sobre Avatar)

evil monkey disse...

Robozinho: Que fooooooda!!!!!!!!!!
Nada a acrescentar...

A minha primeira também é Watchmen, depois Batman: the dark kinight, Maus, X-men: os filhos do átomo, v de vingança e Sin City: the yellow bastard.

Não sei, o final de scott pilgrim pode melhorar, talvez o filme melhore, afinal todos achavam o final de Watchmen irretocável e o filme acabou ficando melhor.

Mas mudar um bom final é sempre um risco a se correr.

Jack, The Ripper disse...

Eu sou muito foda! Tão foda que nem precisei que tu desses a tradução "artikel zur" para entender a tradução da frase que também poderia ser escrita como "Zur die artikel!" em uma forma mais correta. Só mais uma curiosidade, o verbo "zurren" foi aqui conjugado como na forma de verbo imperativo do "du", acabando por ficar como "zur".

Isso foi o resultado de mais de quatro anos tendo alemã como matéria obrigatória na escola.

evil monkey disse...

#macaco se curva diante de um ser superior#

Visualize seu IP

Sign by Danasoft - For Backgrounds and Layouts