6 de set de 2010

Por que os games estão em dívida com Assassin's Creed

 Ciao leitores, Benvenuto de volta ao the Evil Monkey Blog!
 Hoje eu vou falar de Assassin's Creed, o que deve ter feito um dos meus amigos ficar especialmente empolgado.
 Sim, você mesmo.
 Bem, caso você não saiba (e parabéns, você acabou de ser descongelado) Assassin's creed é um jogo feito pela Ubisoft, que basicamente a colocou no patamar de uma das maiores desenvolvedoras da indústria.
 Sem falar que totalmente revolucionou a jogabilidade e a interação com o ambiente, mas isso eu falo mais tarde.
 Você notará que esse é um post bem diferente dos que eu costumo fazer, o que pode ser até uma coisa boa pois eu não sei quanto a vocês mas eu já estou meio cansado de listas e Reviews.
 Dependendo da resposta de vocês talvez eu faça mais posts.
 Mas chega de jogar conversa fora, Zur Die Artikel!
 Ok, primeiramente, eu sou um grande fã da Ubisoft, poucas empresas no ramo tem tão pouco preconceito, tanta coragem para investir em algo novo e arriscado (falo mais disso depois), tanto apreço pelos funcionários (sim, esse ela demite alguns funcionários de vez em quando, mas nem chega perto da Actvision que demitiu todo o estúdio que fez modern warfare 2) e está tão espalhada pelo mundo.
 De fato, nenhuma desenvolvedora tem tantas sedes pelo mundo quanto a Ubisoft, ela é -inclusive- a única grande desenvolvedora com uma sede no Brasil.
 A Ubisoft também desenvolve games para todos os consoles e para todos os públicos, o que muita gente pode odiar, mas eu acho louvável.
 Claro, ela não é perfeita, ela não parece capaz de fazer jogos polidos tão bem quanto a EA, Activision ou Rockstar, geralmente os jogos da Ubisoft tem um ou dois erros muito visíveis, como o fator replay nulo de Assassin's Creed 2 ou a campanha patética de Rainbow Six: vegas 2, mas isso é compensado pelo fato de que ela realmente ouve as reclamações dos seus jogadores, como exemplo, Assassin's Creed: brotherhood (a sequência de Assassin's Creed 2)terá um multiplayer online.
 E por mais que ela tenha tido uma das piores E3 esse ano isso é perdoável, pois a maioria das empresas tiveram uma E3 ridícula.
 E porra, ela vai lançar um novo Rayman, RAYMAN!
 Wut, não sabes que é o Rayman?
 Saia daqui herege, vá embora!
 Ok, agora que eu puxei um pouco (muito) o saco da Ubisoft vamos ao que interessa, o motivo pelo qual eu acho que Assassin's Creed deixou a indústria dos jogos eletrônicos em dívida.
 "Mas macaco, o que picas é Assassin's Creed?
 Você n...mas..é...
 Aff, ok eu explico.
 O primeiro Assassin's Creed foi publicado pela Ubisoft e desenvolvido pela Ubisoft montreal no ano de 2007 e conta a história de Altair, um membro da ordem dos Hassassin's, os primeiros homens a treinarem a vida toda para se tornar matadores, o jogo se passa no oriente médio durante as cruzadas. Quando Altair e alguns outros membros estão procurando por um tesouro quando eles encontram um grupo de templários que os engana e os mata, deixando apenas Altair vivo.
 Como boa parte do incidente foi culpa deAltair o líder dos Hassassin's o pune tirando quase todas as suas armas e equipamento o que o força a matar alguns dos alvos mais difíceis do oriente médio para poder recupera-los  assim como a sua honra.
 "Cara, você errou, a história é de um cara chamado Desmond, um barman que é selecionado para participar de um experimento com uma máquina chamada Animus que tem a capacidade de através do seu DNA ler as memórias dos seus antepassados, e o primeiro a ser lido é Altair"
 Hey, você não disse que não sabia o que era Assassin's Creed?
 "Não cara, aquela era outra voz na sua cabeça"
 A tá, agora entendi...
 Bem, continuando, a história do primeiro Assassin's Creed é muito boa, tem uma reviravolta ENORME no final, Altair é exatamente o personagem que tem que ser, e por mais que ele esteja fazendo um serviço para outra pessoa, você nunca se sente como se estivesse sendo usado, você sempre se sente como se estivesse agindo para os seus próprios interesses. O que é ótimo, considerando que Altair não faz o tipo de cara que fica sendo usado por outras pessoas.
 De fato, a história foi a coisa que mais piorou de um Assassin's Creed pro outro, não sei, a história do dois ficou meio pouco convincente e bobona, Altair é um personagem bem melhor que Ezio e o roteiro ficou um pouco mais "Dan Brown" (se bem que isso é até uma coisa boa para alguns).
 Mas Assassin's Creed 2 é irrelevante para esse post, então vamos seguir para o que realmente interessa.
 E valeu per ter me feito escrever um monte voz na minha cabeça!
 "Hey, eu pedi um resumo, não aquela dissertação que você escreveu!"
 
 Ok, eu já enrolei muito, agora vamos realmente a parte que interessa.
 Por que a indústria deve tanto a Assassin's Creed.
 Bem, a primeira coisa que os jogos devem a Assassin's Creed é a própria jogabilidade.
 Antes de Assassin's Creed a sua interação com o ambiente se limitava a capacidade de pular nas coisas; uma vez ou outra a capacidade de escalar algumas coisas; bem raramente a capacidade de pular e seguram na borda de algumas coisas e no mais extremo dos casos a capacidade de escalar algo. Ok, eu estou exagerando, mas pensem bem, a jogo da geração ps1-ps2 que permite a maior interação com o ambiente é Shadow of the Colossus e ele nem chega perto do número de coisas que você pode fazer em Assassin's Creed
 Era bem raro um jogo se preocupar com a capacidade de se navegar no ambiente.
 Aí chega Assassin's Creed, aonde navegação pelo ambiente é tudo.
 A idéia é simples, você pode escalar tudo o que pode ser escalado, TUDO.
 Sabe em GTA 3 quando você pesava por quê eu não posso escalar isso? está tão baixo!, bem isso não existe em Assassin's Creed, tudo o que parece 'escalável'(essa palavra existe?) é escalável!
 Um parapeito, uma janela, até um tijolo solto podem servir de apoio, e a animação é suave e realista o tempo todo. De fato, além da interação com o ambiente a animação foi um marco para essa geração de consoles.
 Não há uma situação do jogo que não tenha uma animação exata para ela.
 Mas apenas isso não é o suficiente para considerar Assassin's Creed um jogo que deixou a indústria em dívida, o segundo motivo é o mais importante.
 Ok, vamos voltar os nossos olhos para 2007, Halo, Modern Warfare e Resistance estavam Bombando, e sete dos dez melhores jogos eram de tiro em primeira pessoa, e dos três restantes, dois ainda eram shooters.
 Esse único título restante que não era shooter não passava de um modesto sucesso de vendas.
 Então chega Assassin's Creed, a primeira verdadeira superprodução de ação-aventura para essa geração, o primeiro não-shooter a fazer sucesso fora do wii desde o Playstation 2.
 O que eu quero dizer é que Assassin's Creed abriu as portas para outros gêneros nessa geração.
 Talvez se não fosse por Assassin's Creed, nós não teríamos um Batman: Arkham Asylum, Heavy Rain ou um Deamons Souls, a Ubisoft tomou um sério risco investindo em algo que ela não sabia se daria certo, quando seria muito mais fácil investir em mais um shooter para estagnar o mercado.
 Então antes de sair reclamando do sistema de combate ruim ou do quanto Assassin's Creed é curto pense no quanto você deve a ele.
 E antes de negar o que eu digo, pense em 10 jogos de qualquer outro gênero que não seja tiro.
 Agora pense a mesma coisa agora nos dias atuais.
 Bem mais fácil, não?
 Lebewohl!

11 comentários:

Robozinho disse...

Eu só joguei o de PSP e nem prestei atenção na historia mais gostei do jogo. Realmente não tem muitos bons jogos que não sejam de tiro. E Macaco você tem que conversar com sua mãe sobre esse esquizofrenia.

evil monkey disse...

Eu não preciso ouvir você, você é apenas um fruto da minha imaginação!

LA-la-lalala-la-la

Lucas Sena disse...

Post legal Macaco, e Assassin´s Creed chuta bundas! Nada mais tenho a dizer.

Sasoriman disse...

*Não zerou Assassin's Creed ainda pois estava zerando GoW. É, o de tiro mesmo. E após notar que não tem nada a dizer, Sasoriman vai postar algo em seu blog.*

Jack, The Ripper disse...

Nossa, jurava que já havia postado aqui! Acho que ou eu estou ficando louco ou o blogger que esta semre dando erro... Ou talvez um pouco dois.

Bom, vim comentar aqui para: primeiro, parabenizá-lo pelo texto e pelo blog, que anda cada vez melhorando.

E segundo, vim também avisar que o meu blog "The Flying Eyes" mudou de endereço para http://theflyingeyesmusicblog.blogspot.com/

Gostaría que o seguisse e o linkasse em seu blog, ou seja, do mesmo jeito que tu fazias quando o blog tinha outro endereço.

Abraços, Jack The Ripper

evil monkey disse...

Sasoriman: Tira essa bunda da cadeira e vai jogar seu maldito!

Jack: Considere linkado^^.

E provavelmente você postou, o Blogger tá o tempo todo deletando ou deixando de processar os comentários, comigo isso acontece direto...

Ds Lite disse...

Apesar do 1º ter muitas missões repetitivas Assassin's Creed é um jogo que embarcou no estilo stealh e o trouxe para o ps3,o que possibilitou mais investimentos nesse estilo de jogos.(Faz tempo que eu não apareço em macaco)

Sasoriman disse...

*Após zerar GoW, o de tiro mesmo, Sasoriman voltou a jogar Assassin's Creed. Zerou. Achou legal e concordou com o post. Sasoriman continua sem nada importante pra dizer, então, foi simplesmente esperar ansiosamente pelo próximo Assassin's Creed. Sasoriman decide que não vai mais comentar desse jeito.*

Jack, The Ripper disse...

Ei Macaco, talvez nem leia meu comentário, mas já que fez uma série de posts avaliando os gibis de Scott Pilgrim poderia fazer uma análise do álbum " Scott Pilgrim vs. the World - Original Motion Picture Soundtrack". Este maravilhoso álbum contém canções dos Stones, T. Rex, além de músicas de bandas fictícias.

Sintiria-me grato se o fizesse.

Abraços, Jack The Ripper

evil monkey disse...

DS: O stealth de assassin's creed não é o melhor que temos disponível, mas sim, você está certo.

Sem falar que é uma nova vertente desse gênero, o que é sempre bom!

Sasoriman: Bom garoto! Agora que você zerou Assassin's creed eu deixo você voltar a comentar nesse blog.

Jack: ótima idéia, o post da semana que vem está quase pronto, então na próxima eu faço uma análise.

Avalanche(Lance) disse...

mas Assasins Creed não chegou a ganhar o premio de melhor jogo naquela premiação frau de Las vegas?

Visualize seu IP

Sign by Danasoft - For Backgrounds and Layouts